BuiltWithNOF
Túnel do Carpo

 

CAUSAS

   - Tenossinovite idiopática (causa mais comum)

   - Doenças endócrinas

         * Diabetes

         * Hipotireoidismo

         * Acromegalia

   - Doenças Inflamatórias

         * Artrite Reumatóide

         * Lupus Eritematoso Sistêmico

         * Gota

         * Sarcoidose

   - Doenças de Depósito

         * Amiloidose

   - Doenças Infecciosas

         * Tuberculose

         * Artrite Séptica

   - Doenças Congênitas

         * Túnel do Carpo estreito congênito

   - Doenças Hereditárias

         * Neuropatia hereditária com susceptibilidade a paralisia por pressão

   - Trauma

         * Fratura de Colles

         * Hemoartrose de punho (distúrbios da coagulação)

   - Lesões em Massa

         * Lipoma

         * Cistos gangliônicos

         * Schwanoma

   - Outros

         * Gestação

         * Obesidade

         * Anasarca

         * Uso crônico de estrogênios

         * Espasticidade dos músculos flexores do punho

INVESTIGAÇÃO

   - Glicemia

   - TSH

   - VHS

   - Eletroneuromiografia bilateral mesmo em sintomas unilaterais

   - Ecografia e Ressonância Magnética de punho em casos selecionados

TRATAMENTO

   - Evitar movimentos repetitivos do punho

   - Uso de talas que imobilizem o punho, principalmente durante a noite

   - Prednisona oral 20 mg por dia por 2 semanas seguido de retirada

   - Infiltração com hidrocortisona + lidocaína nos casos refratários

   - Cirurgia convencional ou endoscópica quando as anteriores falham

CONSIDERAÇÕES FINAIS

   - 80% dos pacientes tratados conservadoramente apresentam recorrência dentro de 1 ano.

   - Os pacientes com túnel do carpo severo na ENMG (presença de dano axonal ao nervo mediano) devem ser tratados cirurgicamente.

   - Antiinflamatórios não-esteróides, diuréticos e vitamina B6 (piridoxina) não são melhores que placebo, portanto não são recomendados.

   - As infiltrações devem ser feitas à direita do tendão do músculo palmar longo com agulha inclinada a 45 graus e direcionada para a ponta do dedo médio. Deve-se introduzir a agulha de 1 a 2 cm para que ela atravesse o retináculo flexor.

   - Não são recomendadas mais que 3 infiltrações por ano.

 

   Obs: Veja material completo no ítem Revisões (Neuropatias do nervo mediano).

 

    

[EMG LAB] [Corpo Clínico] [Serviços] [Convênios Atendidos] [Dúvidas Frequentes] [Nossos Preços] [EMG LAB News] [Dicas Neuromusculares] [Imunoglobulina - IVIG] [Dças Imune-Mediadas] [Túnel do Carpo] [Anticorpos Séricos] [CPK elevada] [Polineuropatias] [Causas de Radiculopatia] [EMG nas Radiculopatias] [EMG - Limitações] [Distrofias das Cinturas] [DNA para Dças Neuromusculares] [PCR para Infecções] [Neuropatias Genéticas] [Paralisias Periódicas] [Revisões] [Artigos] [Neurologia] [Links Interessantes] [Intranet] [Endereço] [Fale Conosco]